Vereadores defendem a concessão de abono para os servidores da Câmara

A sessão da Câmara de Nova Venécia da última terça-feira, 28, foi marcada por debates e pelas indicações de vários projetos. O presidente da ONG Voluntários do Bem, Silmar Barbosa, agradeceu aos vereadores pelo reconhecimento da instituição como de utilidade pública. Silmar destacou algumas ações da ONG, como: campanhas de doação de sangue, cadastramento de medula óssea e plantio de mudas de árvore.

Vereadores de São Gabriel da Palha também prestigiaram a sessão. O presidente do Legislativo gabrielense, Tiago Santos, ressaltou a importância das sessões ordinárias: “Elas são relevantes porque estimulam a participação popular, transparência e são fundamentais dentro do Sistema Democrático de Direito. Quanto mais participação popular, mais democracia”.

Vários vereadores venecianos defenderam a concessão do abono natalino para os servidores do Legislativo Municipal. De acordo com os parlamentares, o benefício é pago desde 2014 para e somente os funcionários da Casa Legislativa. Luciano Márcio (PSB) foi enfático ao apoiar a concessão do abono para os servidores da Câmara: “Fui o pioneiro neste tipo de matéria com a criação do benefício em 2014. As contas da Casa estão em dia, inclusive a Mesa Diretora irá devolver quase R$ 1 milhão ao Poder Executivo em dezembro, nada mais justo que conceder um benefício natalino aos funcionários da Câmara”. Luciano Márcio também criticou a postagem de informações distorcidas nas redes sociais sobre o projeto de abono salarial para os servidores.

Confira o resumo da sessão:

O vereador Juarez Oliosi (PSB) criticou a inércia da Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste (Sudene) em desenvolver políticas públicas nos municípios atingidos pela estiagem prolongada. O vereador também questionou o trabalho do deputado estadual Padre Honório (PT), pois, de acordo com Juarez, o parlamentar não trouxe verbas para o município de Nova Venécia.

Zé Luis do Cricaré (PT do B) criticou informações deturpadas veiculadas em redes sociais sobre o abono para os servidores. O vereador deixou claro que o benefício é destinado apenas aos funcionários da Casa e não aos vereadores, e que a gratificação é justa e coerente, já que a Mesa Diretora da Câmara irá devolver ao Poder Executivo quase R$ 1 milhão.

Mir de Guararema (PDT) criticou a falta de iluminação em vários distritos do interior, incluindo Guararema, Água Limpa e Cedrolandia.

Zequinha Brasileiro (PV) indicou a criação de uma Lei Complementar para retirar os animais soltos das ruas de Nova Venécia.

A vereadora Gleyciaria Bergamim (DEM) indicou o acolhimento de cavalos nas ruas para que possam ser destinados ao trabalho de equoterapia da Secretaria Municipal de Saúde. A vereadora também destacou a criação da Associação de Câmaras Municipais do Espírito Santo (Ascames – Mulher) e parabenizou o trabalho da Defesa Civil do município.

Ronaldo Barreira (SD) criticou informações veiculadas de qualquer maneira nas redes sociais. O vereador se referiu à falsa informação de que o benefício do abono seria concedido também aos legisladores da Casa. Ronaldo também questionou a falta de ações do deputado estadual Padre Honório (PT) e as péssimas condições do Posto de Saúde de Alto Muniz.

O presidente da Câmara, Antonio Emílio (PPS), destacou mais uma vez a falta de planejamento na execução das obras da empreiteira da Cesan na cidade.

Cimar do Altoé (PHS) falou sobre a campanha Novembro Azul e a importância dos vereadores acompanharem a execução da  lei das feiras livres no município.

Luciano Márcio (PSB) defendeu a concessão do abono para os servidores da Câmara e criticou a postagem de informações distorcidas nas redes sociais.

Dejanir Dias (PSB) também apoiou a concessão do abono: “Que sirva de exemplo, para o Poder Executivo, que dê pelo menos a reposição salarial aos servidores da prefeitura. O Legislativo vai devolver quase R$ 1 milhão ao Poder Executivo nos próximos dias, fica aí a critério do município administrar esse recurso”. O vereador voltou a criticar as obras de esgotamento sanitário na cidade: “As ruas não estão tendo reparo e agora a prefeitura quer revitalizar o trânsito em trechos que estão completamente esburacados”.

 

Data de Publicação: quarta-feira, 29 de novembro de 2017

ACOMPANHE A CÂMARA

Endereço:
Avenida Vitória, n° 23, Caixa Postal 4 – Centro – Nova Venécia/ES – CEP: 29830000

Telefone(s): (27) 3752-1371 | (27) 3752-1880 | (27) 3752-1931
E-mail(s): comunicacao@cmnv.es.gov.br | camaranovavenecia@gmail.com

Horário de funcionamento da Câmara: 07h30 às 13h00 (terça-feira 08h00 às 11h00 - 15h00 às 20h00)
Dia e horário das Sessões Plenárias: Todas as terças-feiras às 17h00